Educação Continuada / Todas as Vozes: Panorama das Relações Étnico-Raciais no Brasil - Online

Investimento

10x de R$ 29,82 sem juros ou R$ 298,20 à vista
70% de desconto até o dia 14 de dezembr
o
Valor normal R$ 994,00

Parceria:

Curso Online do  Programa de Formação de Professores. Tema: “Todas as Vozes: Panorama das Relações Étnico-Raciais no Brasil

O debate a respeito das questões étnico-raciais tem ganhado espaço não apenas no Brasil, mas no mundo. Trata-se de um momento histórico em que lideranças políticas, artistas e intelectuais de diversas áreas se voltam para pensar de que maneira tais relações marcam nossa experiência individual e coletiva. A educação brasileira deu um grande passo nesse sentido ao modificar sua Lei de Diretrizes e Bases incluindo a lei nº 10.369, que obriga todas as instituições de ensino a contemplarem em seus currículos a história e a cultura afro-brasileira, assim como a lei nº 11.645, que traz a obrigatoriedade do ensino de história e cultura indígena.

 

Dessa forma, faz-se necessário, aos profissionais da educação, compreender como se deu a formação do Brasil, suas relações étnico-raciais, os conceitos de raça, racismo e branquitude a fim de que, instrumentalizados, possam atuar de modo mais eficiente e eficaz não só na discussão sobre o tema, mas principalmente se engajarem na implementação efetiva das leis acima citadas e, consequentemente, construírem, juntamente com a sociedade, uma educação mais inclusiva, crítica e coerente.

 

No curso Todas as Vozes: Panorama das Relações Étnico-Raciais no Brasil, os participantes terão contato com conceitos cruciais para a compreensão das histórias das populações negra e indígena no Brasil, suas riquezas culturais e intelectuais, e sobre o silenciamento que ambos os povos sofreram ao longo dos séculos. O curso aborda, por exemplo, a branquitude, a resistência indígena, resistência negra, aspectos culturais de ambos os povos, suas expressões artísticas, grandes pensadoras e pensadores, feminismos, cotas, entre outros tópicos, seguindo e elucidando a perspectiva da decolonialidade.

O curso contará com uma equipe de docentes, responsáveis pela construção do curso, além da participação especial de convidadas e convidados – pessoas negras e indígenas –, por meio de entrevistas e discussões críticas sobre o tema, tendo em vista a importância da ampliação de canais e de discursos outros sobre a história e constituição do povo brasileiro, sobretudo daqueles que foram silenciados historicamente.

Cabe ainda destacar que o curso, apesar de se inserir em um projeto de formação de professores, é um curso fundamental e basilar nas discussões das relações étnico raciais e, portanto, é aberto a toda a sociedade brasileira e a todos os interessados.

 

Agenda

Início: 14 de janeiro de 2019

Término do acesso: 180 dias

 

Carga Horária

32 horas de aulas online + reprise online ilimitada

 

 

Conteúdo Programático
AulaTemaMódulo
Aula 1 Para começo de conversa...

Módulo 1.1. Colonialidade

Módulo 1.2. Raça, etnia e identidade

Módulo 1.3. Branquitude

 Aula 2 Colonização: A invasão portuguesa

Módulo 2.1. Indígenas no Brasil

Módulo 2.2. Portugueses e a narrativa de descobrimento

Módulo 2.3. Histórias escravizadas

 

Aula 3

Movimentos pela liberdade

Módulo 3.1. Revoltas negras e aquilombamentos

Módulo 3.2. Insurgências indígenas

Módulo 3.3. Movimentos abolicionistas

 Aula 4 Identidade nacional brasileira

Módulo 4.1. Onde estão os indígenas?

Módulo 4.2. O mestiço e o discurso ideal sobre o brasileiro

Módulo 4.3. Resistências negras no pós-abolição

 Aula 5

O mito da democracia racial

Módulo 5.1. Movimento Negro Unificado e resistências outras

Módulo 5.2. Projeto UNESCO: O que deu certo?

Módulo 5.3. Resistências indígenas na perspectiva

Aula 6 Bate-papo com convidado(a) especial

Aula 7

Desigualdades socioeconômicas

Módulo 7.1. Existe racismo no Brasil?!?

Módulo 7.2. Dados demográficos do perfil brasileiro

Módulo 7.3. Colonialidade do ser no Brasil

 Aula 8

O Estado brasileiro e as políticas afirmativas

Módulo 8.1. Universalismo versus políticas identitárias

Módulo 8.2. Cotas para quem?

Módulo 8.3. Quem sou eu? Identidades e diferenças

Aula 9

Feminismos afro-ameríndios

Módulo 9.1. Condições das mulheres indígenas e negras no Brasil

Módulo 9.2. Feminismo indígena

Módulo 9.3. Feminismo negro

Aula 10

Bate-papo com convidada especial 
Aula 11  Educação

Módulo 11.1. Currículo e colonialidade

Módulo 11.2. Lei 10.639

Módulo 11.3. Lei 11.645

 Aula 12  Imprensa

Módulo 12.1. A imprensa “oficial”

Módulo 12.2. Imprensas negras

Módulo 12.3. Representações indígenas

 Aula 13  Televisão e Cinema Módulo 13.1. Onde estamos na televisão e no cinema?

Módulo 13.2. Cinema indígena

Módulo 13.3. Cinema negro

Aula 14 Teatro Módulo 14.1. Representações negras e indígenas no teatro tradicional

Módulo 14.2. Teatro Experimental do negro e companhias da atualidade

Módulo 14.3. Onde está o indígena no teatro brasileiro?

Aula 15 Literatura Módulo 15.1. Literatura brasileira e suas exclusões

Módulo 15.2. Literatura negra

Módulo 15.3. Literatura indígena

 Aula 16  

Religiosidades afro-ameríndias

 

Módulo 16.1. Colonialidade da vida

Módulo 16.2. Religiosidade indígena

Módulo 16.3. Religiosidade afro-brasileira

Aula 17

Saraus e SLAMs

Módulo 17.1. Insurgências periféricas

Módulo 17.2. Saraus periféricos e representatividade

Módulo 17.3. SLAMs e a voz contra o racismo

Aula 18

Artes visuais

Módulo 18.1. Panorama crítico das artes visuais no Brasil

Módulo 18.2. Artes visuais indígenas

Módulo 18.3. Artes visuais negras

Aula 19

Resistências afro-ameríndias e mídias sociais

Módulo 19.1. Internet, interatividade e os discursos

Módulo 19.2. Movimento negro e as redes

Módulo 19.3. Movimento indígena e as redes

Aula 20 Bate-papo com convidada(o) especial 

 

Docentes

Ana Helena Ithamar Passos possui graduação em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP/2000), Mestrado e Doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro/PUC-RJ. Tem experiência em pesquisas relacionadas às questões socioambientais e raciais e desenvolve projetos na área da cultura e de educação étnico-racial. Dentro das suas atividades encontra-se cursos de formação profissional através do SESC, formação continuada de professores da rede pública e publicações. É membro do coletivo de mulheres DeFEMde e professora das disciplinas "Estudos étnico-racial, gênero e diversidade sexual, classes e movimentos sociais", "Educação, alteridade e relações de gênero, formação social, política e econômica" e "Estudos do pensamento contemporâneo", nos cursos de Serviço Social e de Pedagogia da Universidade Brasil.

Deborah Monteiro é graduada em Letras, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É professora de língua portuguesa e mestranda em Educação, pela Universidade de São Paulo (USP), investigando as relações entre valores civilizatórios africanos e a literatura negra. Professora de ensino fundamental e médio. Com experiência em teatro e eventos culturais. Já atuou em formações de professores, coordenadores e diretores.

Siméia de Mello Araújo é mestra em Língua Portuguesa, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). em Língua Portuguesa, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora de língua portuguesa, revisora, articulista e ativista pelos direitos humanos. É cofundadora e diretora do Instituto Ella Criações Educativas e diretora do Encrespa Geral, um instituto de promoção humana de desenvolvimento social e cultural voltado à diversidade racial e cultural brasileira. Fundou e coordenou o Coletivo Espelho, Espelho Meu, cujo foco é discutir o racismo de forma lúdica e educadora com o público infanto-juvenil. Atualmente está vinculada como pesquisadora-associada ao Laboratório de Estudos Pós- Coloniais e Decoloniais – AYA (Universidade do Estado de Santa Catarina – Udesc). Além disso, vem atuando como consultora na área da diversidade étnico-racial no mundo coorporativo, por meio da empresa Integra Consultoria em Diversidade e Inclusão.

 

Avaliação, Certificação e Dúvidas

A avaliação integra o processo pedagógico, permitindo tanto uma visão do desempenho do educando, que cursou o módulo, como também da própria construção da proposta do módulo, permitindo atualizações que vão ao encontro da transformação da prática pedagógica.

Como instrumento de avaliação, os/as participantes vão:

1) elaborar um artigo sobre os temas tratados.

2) responder ao formulário de avaliação do Módulo.

No período de duração do curso o aluno terá acesso aos tutores em todas as disciplinas, qualquer dúvida pode ser enviada por Email.

Na conclusão o aluno receberá um certificado digital emitido pelo Instituto Ella.

 

Regras de Cancelamento

Em caso de cancelamento serão cobrados os valores proporcionais às aulas já disponibilizadas e multa contratual de 40%.

 

Requisitos mínimos para acesso

Conexão Internet 1MBps. É recomendável evitar tecnologia 3G
Qualquer navegador de internet em versão atualizada
Compatível com dispositivos móveis Apple iOS e Android
Plug-In Flash Player
Adobe Acrobat Reader

 

Investimento

10x de R$ 29,82 sem juros ou R$ 298,20 à vista
70% de desconto até o dia 14 de dezembr
o
Valor normal R$ 994,00